quinta-feira, 9 de abril de 2015

Ficha de Risco - Queda em altura


O risco de queda em altura encontra-se presente em inúmeras situações: trabalhos sobre coberturas, trabalhos e/ou circulação à beira de fossos, buracos, sobre andaimes, escadas e todo o tipo de equipamentos que permitam acessos em altura.

Questões a colocar

Dentro dos locais de trabalho, quais são os meios utilizados para alcançar níveis de altura diferentes? Como são os meios de acesso às coberturas e telhados? Às chaminés? 

Existem andaimes? Como é feita a sua montagem? Os andaimes estão de acordo com os requisitos normativos? 

As escadas verticais têm linha de vida? As escadas estão conformes os requisitos normativos? As escadarias estão munidas com corrimões? As escadas permitem o suporte de todo o pé ou apenas parte? As rampas permitem passagem de macas? 

A iluminação é suficiente? As passagens difíceis estão assinaladas? Estão interditas a pessoas não autorizadas? As formas de acesso às instalações estão conforme as normas? Os equipamentos amovíveis são estáveis e seguros? 

Dentro dos escritórios como se chega às prateleiras mais altas? O trabalho em altura é feito indoor ou outdoor?

Existem elevadores? É necessária formação para aceder aos elevadores? 

As plataformas onde se efectuam trabalhos estão munidas de guarda corpos? Estão conformes? Existe necessidade de adequar equipamento de protecção individual para o trabalho em questão? Onde são os locais de ancoragem para o equipamento de protecção individual? São estáveis e resistentes? 

As pessoas têm formação em trabalhos em altura?

A gestão do risco

Construção realizada com materiais resistentes e estáveis;
Organizar o espaço de forma a evitar armazenamento de material em altura;
Tornar mais seguras zonas mais perigosas (pisos antiderrapantes, corrimões, guarda corpos, escadas fixas);
Aceder aos telhados e coberturas pelo interior do edifício sempre que possível;
Não utilizar material e equipamento improvisado para aceder em altura;
Substituir escadas, bases sem apoio por andaimes, plataformas elevatórias sempre que possível;
Utilizar andaimes conformes e ter atenção à forma de montagem e desmontagem;
Interditar acesso a zonas de risco por pessoas não autorizadas;
Ter atenção aos riscos residuais e se necessário munir trabalhadores com equipamentos de protecção individual para queda em altura;
 Informar e formar trabalhadores sobre trabalhos em altura.

Se este tema vos interessa poderão descarregar a Ficha de Risco - Quedas em altura e ficar assim com um documento para consultarem quando quiserem.

       Espero que tenham gostado,
       Até à próxima!


    Fontes: Site INRS






Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...