quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Efeitos das vibrações na saúde dos trabalhadores – parte I




As vibrações são um factor físico de risco, talvez maior do que a maioria de nós supõe.

Não é à toa que foi publicada uma directiva europeia (Directiva n.º2002/44/CE), tendo sido transposta em Portugal pelo Decreto-Lei nº46/2006.

As vibrações de que podemos ser alvo no nosso dia-a-dia podem vir de ferramentas portáteis (por exemplo berbequins, aparafusadoras etc), afectando o sistema mão-braço. Também podemos receber as chamadas vibrações de corpo inteiro, normalmente associadas a meios de transporte (carros, empilhadores, aviões, comboios etc).
Se calhar já alguém sentiu formigueiros depois de trabalhar algum tempo com berbequim ou dores nas costas por andar de carro…Estes efeitos poderão ter origem nas vibrações.
O que é interessante de referir, é que no decorrer da minha actividade, nos contratos entre empresas de serviços externos e empregadores, as medições às vibrações muitas vezes não estão contempladas, o que me causa alguma estranheza.
Porque será que todas as empresas de serviços externos medem o ruído e deixam de fora as vibrações?
Até à próxima.
Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...